Blog

Vocabulário de peixes e frutos do mar em alemão

Durante uma viagem pelo norte da Alemanha, é comum se deparar com muitos frutos do mar no cardápio, principalmente peixes. Afinal, temos o Mar do Norte de um lado e o Báltico do outro. Apesar de estarmos na terra das salsichas, que aqui também são presentes até mesmo nas barraquinhas de petiscos, a cultura de consumo de pescados é bastante forte.

Confesso que até eu, depois de alguns anos morando aqui, às vezes me confundia com alguns nomes de peixe, pois há espécies que não existem ou são pouco consumidas no Brasil.

A difícil escolha na hora de comprar: nomes e espécies diferentes
A difícil escolha na hora de comprar: nomes e espécies diferentes

Por isso, vai uma listinha com os nomes mais recorrentes nas mesas do Norte. Por aqui, os peixes costumam ser servidos com Bratkartoffeln (lascas de batata salteadas com bacon) e/ou legumes (que costumam ser cenoura, ervilha, brócolis, couve-flor e couve-de-bruxelas).

    • Dorade (Sparus aurata): dourada
    • Forelle (Salmo trutta): truta
    • Garnele: denominação genérica para camarão
    • Heilbutt (Hippoglossus hippoglossus): halibute. Muito comum nas águas do Atlântico Norte, de carne bem clarinha e sabor suave (um dos meus preferidos).
    • Hering: arenque. Ele está por toda parte aqui em Hamburgo. Nos restaurantes, nas lojinhas à beira do porto e às vezes até mesmo nas padarias. As iguarias mais populares da região são o Matjes (arenque aberto e sem espinha, colocado por alguns dias no barril com sal) e o Matjesbrötchen (filé do Matjes servido no pão com cebola crua)
fischbroetchen
Matjes no pão francês (Fischbrötchen) Foto: Wikipedia
  • Jakobsmuschel: vieira. A tradução literal do alemão é “concha de Tiago”, como referência à São Tiago, cujo símbolo é a concha. Curiosidade: o Caminho de São Tiago é marcado por desenhos de concha. Se vir alguma, agora sabe o porquê
  • Kabeljau (lê-se kabelháu): parece que trocaram as sílabas do bacalhau, né. Pois é ele mesmo rsrs
  • Kalmar ou Tintenfisch: lula
  • Lachs: esse é fácil! O queridinho salmão.
  • Languste: lagosta. Mais encontrada em restaurantes especializados em frutos do mar, e mais sofisticados. É muito parecida com o Hummer, que em português chama-se lavagante (em inglês, lobster).
  • Miesmuschel: mexilhão
  • (Nordsee)krabben: em Portugal, chama-se camarão-mouro. É uma espécie de camarão miúdo, cinzento, típico das águas do Norte. A carne é bem miúda, olhando de longe parece carne moída. É bom? Não sei, nunca experimentei. Mas e o (Nordsee)garnele? Pois é, Krabben em alemão, é caranguejo, e o Nordseekrabben ficou famoso com o nome errado, pois é um camarão (Garnele). No mercado são vendidos vulgarmente como camarão pequeno (Krabben) e grande (Garnelen). Mas há, obviamente, diferenças biológicas, quanto às patas e carcaça, por exemplo.
  • Rotbarsch (Sebastes marinus, ou Sebastes norwegicus): peixe-vermelho ou cantarilho
  • Sardelle (Engraulidae): aliche
  • Sardine: sardinha. Por aqui, encontro vejo mais da enlatada. Para encontrar fresca, só em peixarias grandes, e mesmo assim não com muita frequência. Em restaurantes ibéricos, como nos do bairro português em Hamburgo, é possível encontrar alguns pratos com sardinha assada.
  • Scampo (plural, Scampi): lagostim, ou mais especificamente, lagosta-da-noruega
  • Scholle: solha, bem parecido com o linguado
  • Seebarsch: robalo
  • Seelachs: aí vem a pegadinha, onde muita gente acha que é um tipo de salmão por causa do nome. Seelachs é o escamudo, de carne rosada, da família do bacalhau, e não tem nada a ver com salmão. Geralmente, é usado como base para a fabricação dos nuggets de peixe, assim como na receita de Pannfisch (peixe cortado em pedaços e salteado na frigideira com cebola, temperos e batata, servido com molho de mostarda).
  • Thunfisch: atum
  • Zander: lúcio

 

Obrigada, querida Livia Monteiro, do blog Cozinha de Casa, por revisar alguns nomes e espécies que não existem no Brasil 🙂

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Back to top