Blog

Dicas para dirigir no inverno na Alemanha

Viajar para a Alemanha no inverno é mesmo um sonho. Ver a neve, os mercados de Natal, e as cidadezinhas todas cobertas da branco é algo realmente mágico. Se você prefere se aventurar a pegar estrada nesta época do ano, há regras e costumes que você não pode ignorar, pois dirgir com gelo na pista exige certas precauções.

Por isso, vão aqui algumas dicas (algumas além do óbvio) para quem quer dirigir no inverno na Alemanha. Muitas valem também para o resto da Europa.

Viagem que fizemos em 2012 com amigos, bate e volta de Hamburgo a Füssen, com parada em Berlim (cerca de 2000 km) em apenas um fim-de-semana rsrs

Dois ítens muito importantes no carro

Antes de pegar a estrada, há algumas coisas que você deve verificar no veículo

Pneus de inverno: na Alemanha, os pneus devem ser trocados próximo à chegada do inverno, pois são pneus específicos (Winterreifen). É a chamada regra “von O bis O” (de O a O, ou seja, de Outubro até a Páscoa – Ostern, em alemão). Se for alugar um carro nesta época do ano, verifique junto à locadora se os pneus já foram trocados, mesmo que esteja indo para uma região em que não há muita expectativa de neve.

Botão de tração: este aí gera muita dúvida por parte dos motoristas e se usado incorretamente, pode causar um grande problema…

O que é o botão TCS? O sistema de controle de tração (TCS, na sigla em inglês), como o nome indica, serve para amenizar a perda de tração nas rodas. Muitos motoristas ficam confusos com a palavra “off” (desligado) no botão ou com o o botão sempre aceso. Em regra, o TCS está ativo, por isso a luz do botão acesa. A exceção, portanto, é desativá-lo, daí a opção de desligar (off, em alguns carros, ou luz do botão apagada, em outros). Importante!! Não aperte este botão quando estiver com o carro na estrada, principalmente no gelo, pois ele perderá estabilidade e o que acontece é mais ou menos isso…

via GIPHY

Dependendo do modelo, este botão pode ser sinalizado pela sigla ESC (electronic stability control) ou ARS (sigla em alemão para sistema de controle de tração).

Neste link, você encontra uma listinha de como este botão é chamada de acordo com cada fabricante de automomóveis.

Image result for car esc button
Foto: knowhow.napaonline.com
Image result for car esc button
Foto: youcanic.com
No nosso carro (BMW) aparece como DTC, acima do botão de alerta

 

Na linha de cima, o carro sem controle de tração.
Embaixo, o carro com controle de tração.
Foto: brainonboard.ca

Líquido descongelante: o nome é estranho mesmo, Frostschutzmittel. É um líquido colorido à base de glicerina ou etanol, cujo ponto de congelamento é mais baixo do que o da água. O líquido deve ser colocado no radiador, para limpar o pára-brisa, já que a água pura pode congelar. Há diversas opções à venda, como a versão para até -10 ºC, outra para até -30 ºC.

Um ítem opcional, mas que ajuda bastante, é a pázinha para tirar o gelo do vidro. Retirar a neve fofa acumulada no pára-brisa pode não ser tão trabalhoso caso você não tenha o instrumento correto. O problema na verdade, é a neve que acumula no teto do carro, que vai se soltando em blocos conforme você dirige.

Já a camada fina de gelo, que às vezes fica debaixo da neve, essa só sai mesmo se você utilizar a pá apropriada, para que não arranhe o vidro. É um ítem fácil de encontrar até mesmo em postos de gasolina e muito baratinho, cerca de 3 a 5 Euros. Algumas locadoras deixam uma pázinha disponível no carro, mas não custa checar antes de pegar a estrada. Em alemão, se chama Eiskratzer ou Eisschaber.

Foto: Pixabay.com

Tire o casaco: essa regra vale não só para quem vai dirigir. Tirar o casacão e os acessórios (luvas, cachecol e touca) ao entrar em algum ambiente fechado é importante para ajudar a equilibrar a temperatura corporal. Assim, você só se agasalha por completo de novo antes de sair do local e se prepara para a temperatura mais extrema lá fora.

Para o motorista, isto é ainda mais importante, pois o casacão e os acessórios de inverno podem atrapalhar seus movimentos e a eventual necessidade de uma reação rápida. Alguns carros possuem aquecimento no volante, mas se não é o seu caso, procure luvas específicas para direção, para que as mãos não escorreguem facilmente no volante ao dirigir.

Na estrada

Observar o mostrador do carro: muitos pensam que o ponto crítico é quando o painel do carro mostra 0 grau C (ou 32 F), mas antes disso, você já deve estar atento à queda de temperatura. Alguns veículos mais modernos já avisam quando a temperatura chega a 3ºC, mas para não confiar somente no carro, aumente a atenção quando a temperatura atingir os 3ºC,  pois a temperatura do asfalto pode já estar abaixo de zero e a pista já congelou, gerando a perigosa camada fina e escorregadia de gelo. Em pontes, a pista costuma congelar mais rápido!!

Melhor hora para abastecer: ao longo do dia, o preço do combustível sofre variações, mas à noite costuma ser mais barato. Em relação ao Brasil, a gasolina e o diesel são mais caros (média de 1,20 Euros litro de diesel). Existem vários apps que pesquisam o preço do combustível na sua rota, a maioria em alemão, como clever-tanken e ADAC Spritpreise. Em inglês, você pode usar o Fuel Flash.

Placas de velocidade para chuva e neve: na Autobahn e nas estradas, às vezes você verá abaixo da placa de velocidade, uma outra placa menor, indicando um limite de velocidade diferente para quando houver chuva ou neve. Há também as placas de perigo de deslize causado pelo gelo.

Foto: adac.de

Image result for verkehrszeichen schnee

 

 

 

 

 

 

E quando a placa está coberta de neve? De forma bastante resumida, o melhor é manter o bom senso e – novamente – prestar atenção aos outros motoristas. Não é porque a placa está ilegível que ela perde totalmente o valor.

Algumas placas são universalmente reconhecíveis, como o sinal “dê preferência”, representado por um triângulo e “stop”, por um octógono.

Animais na pista: com os dias que escurecem mais cedo, o inverno também representa um risco maior de animais na pista, que saem ao anoitecer para buscar alimento. Portanto, atenção redobrada em estradas próximas a florestas e às placas de perigo de animais na pista.

Caso se depare com esta situação, mantenha a calma. Lembre que se um animal atravessar a pista, podem aparecer outros em seguida. E contenha a empolgação na hora de filmar ou fotografar os bichinhos, porque eles podem se assustar. Nada de sair do carro ou fazer sinal para eles. 😉

Prestar atenção aos outros motoristas: uma coisa que notamos nestes anos morando aqui, ao menos na Alemanha, é que mesmo quando não há limite de velocidade, os motoristas se comportam muito bem, mas também estão o tempo todo bem atentos aos outros motoristas. Isto vale não só para o inverno. Quando estamos falando de carros numa velocidade média de 120 km/h, uma freiada brusca pode causar acidentes e engavetamentos sérios. Para o inverno, especificamente, (quando há gelo e neve na pista), as regras de velocidade podem mudar em alguns trechos, mas mesmo assim, observe os carros à frente, para evitar uma freiada rápida desnecessária, que nestas condições, pode fazer seu carro patinar na pista.

Sal na pista, para descongelar: o sal diminui o ponto de congelamento da água, por isso é comum ver pessoas espalhando sal nas calçadas e o mesmo é feito nas estradas. (obs: é daí que vem a diferença da escala Celsius para a escala Fahrenheit. Em C, zero é o ponto de congelamento da água e em F, zero é o congelamento da solução salina de Daniel Fahrenheit).

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Back to top